Inscrições para o Prouni começam nesta terça

Estudantes têm até sexta (25) para se inscrever; nesta edição, participantes poderão usar as duas últimas notas do Enem

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) 2022 serão abertas nesta terça-feira (22). Neste ano, os estudantes poderão usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 e de 2021 para participar do processo seletivo. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o sistema irá considerar automaticamente a pontuação mais alta obtida.

As inscrições para o Prouni ficam abertas até sexta-feira (25) e devem ser feitas pela internet, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. O mesmo site deve ser utilizado para ingresso no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Segundo cronograma apresentado pelo ministério, após o fim das inscrições, será apresentado, no dia 2 de março, o resultado da primeira chamada. O período para comprovação das informações da primeira chamada ocorrerá entre os dias 3 e 14 de março.

A principal mudança do Prouni em 2022 é a possibilidade de o estudante usar as duas últimas notas do Enem para o processo seletivo. Até então, só era possível considerar a pontuação obtida no exame no ano anterior. A novidade foi oficializada na última sexta-feira (18) por meio de decreto publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Com a medida, estudantes que fizeram um dos dois últimos Enem (edições de 2021 e 2020) podem fazer suas inscrições para o Prouni. Já para aqueles que fizeram as duas edições do exame, o sistema de inscrição irá considerar, automaticamente, a edição na qual o candidato atingiu a nota mais alta”, afirmou o ministério, por meio de nota.

Criado em 2004, o Prouni oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50% do valor da mensalidade), em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições de educação superior privadas.

Para participar do programa, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário-mínimo (o equivalente a R$ 1.818 em 2022) para obter a bolsa integral. Para a bolsa parcial, a renda mensal por pessoa tem de ser de até três mínimos (o equivalente a R$ 3.636 em 2022).

O MEC informa que, para participar do Prouni é preciso atender a pelo menos uma das seguintes ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada (para quem estudou em escola pública ou com bolsa integral ou parcial em escola privada haverá prioridade para a pré-seleção das bolsas do Prouni).

“As demais condições que devem ser atendidas são: ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrar o quadro de pessoal permanente de instituição pública ou ser pessoa com deficiência. Para quem comprovar ser professor da rede pública não é aplicado o limite de renda exigido aos demais candidatos”, informa a pasta.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionadas

Educação

Cerca de 173 mil estudantes estão sem previsão de volta às aulas no RS

    Estudantes de 441 escolas da rede pública de ensino do Rio Grande do Sul, que representam 23,5% do total, ainda estão sem data prevista para retorno às aulas, após as enchentes que devastaram o estado há cerca de duas semanas. Ao todo, são 173.256 estudantes nessa situação, segundo balanço da Secretaria Estadual de Educação (Seduc-RS). Apesar […]

    Leia Mais
    Educação

    Projeto da USP estimula o interesse de meninas pelas ciências exatas

      Um projeto de extensão da Universidade de São Paulo (USP), que estimula meninas a aprenderem astronomia, ciências atmosféricas, geociências, física, dentre outras áreas da ciência, está com inscrições abertas a partir desta segunda-feira (20).  O objetivo do projeto Astrominas é ensinar as ciências da terra e do universo para adolescentes entre 14 a 17 anos para […]

      Leia Mais
      Educação

      Inscrição para Enem terá calendário diferenciado no Rio Grande do Sul

        O ministro da Educação, Camilo Santana, disse, nesta segunda-feira (20), que o Rio Grande do Sul terá calendário diferenciado para as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições para o exame começam no dia 27 de maio e vão até 7 de junho, para o restante do país. “Para o Rio Grande […]

        Leia Mais