Pandemia impõe dano à alfabetização no Brasil e pressiona rede pública de ensino

Na semana marcada pela volta das aulas presenciais em boa parte do país, um estudo apontou que o número de crianças brasileiras de seis e sete anos que não sabem ler e escrever cresceu 66,3% de 2019 para 2021. O levantamento aponta que 2,4 milhões ou 40% das crianças do Brasil não foram alfabetizadas nesta faixa etária.

Ao mesmo tempo, os efeitos econômicos da pandemia de Covid-19 levaram muitas famílias a retirar seus filhos de escolas particulares e buscar vagas na rede pública. E uma consequência disso têm sido as dificuldades dos governos municipais e estaduais em atender a essa nova demanda.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço de dados que reforçam os impactos negativos da pandemia na educação e os desafios que o Brasil precisa enfrentar para reverter esses danos. Para descrever os abalos causados pelo período prolongado de enfrentamento à Covid-19 e as medidas necessárias para mudar o cenário, participam deste episódio o líder de políticas educacionais da ONG Todos Pela Educação, Gabriel Corrêa, e o editor-chefe do CNN Educação, Rodrigo Maia.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Contação de História Virtual (Manhã e Tarde) – Angélica Brito

    Contação de História Virtual com Angélica Brito. Secretaria de Educação do Paulista / Gerência de Espaços Ampliados de Aprendizagem / Coordenação do Núcleo de Bibliotecas Escolares.

    Leia Mais

    Contação de História Virtual – Angélica Brito

      Contação de História Virtual com Angélica Brito. Secretaria de Educação do Paulista / Gerência de Espaços Ampliados de Aprendizagem / Coordenação do Núcleo de Bibliotecas Escolares.

      Leia Mais

      Contação de História Virtual / Manhã – Profª Alcione

        Contação de História Virtual com Profª Alcione. Secretaria de Educação do Paulista / Gerência de Espaços Ampliados de Aprendizagem / Coordenação do Núcleo de Bibliotecas Escolares.

        Leia Mais